Saude da Mulher

Preventivo: toda mulher deve fazer, mas por que?

Todos sabemos, não só as mulheres, que o exame ginecológico preventivo deve ser feito periodicamente. Muitas empresas inclusive cobram o mesmo uma vez por ano, junto com outros exames considerados parte de um “check up”. Mas afinal, qual a sua finalidade?
preventivo1O teste de Papanicolau é um exame ginecológico de citologia cervical. O que isso significa? Bem, significa que é um exame das células do aparelho genital feminino, mais especificamente do útero, que tem como objetivo identificar alterações nessas células, o que permite o diagnóstico de neoplasias, entre elas o câncer.

E como acontece o exame? O médico irá primeiramente analisar de forma visual o canal vaginal e o colo uterino. Esse momento também permite o diagnóstico de infecções vaginas e outras doenças ligadas à musculatura da região por exemplo.coleta Papanicolau.-630x340Depois, com a ajuda de uma espátula e uma escovinha são colhidas células da parte externa e interna respectivamente do colo do útero. O processo todo é rápido e indolor podendo provocar apenas um leve desconforto durante a colheita do material da parte mais interna do útero.

A orientação do Ministério da Saúde é que toda mulher deve fazê-lo, principalmente (mas não exclusivamente) se sexualmente ativa ou entre 20 e 59 anos, mesmo grávidas.

A princípio ele deve ser feito anualmente, mas após três resultados normais consecutivos ele pode ser feito até de 3 em 3 anos. É muito importante que a mulher não apenas o faça como retorne ao médico, ou posto de saúde, para saber o resultado e receber maiores orientações caso necessário.
img_como_e_feito_o_exame_preventivo_papanicolau_12072_orig
Pode parecer estranho falar de um exame tão conhecido. Contudo ele é uma forma simples de rastreio do câncer de útero, o quarto que mais mata mulheres no Brasil. Esse câncer quando diagnosticado precocemento e tratado de forma adequada tem praticamente 100% de chance de cura, daí a importância de falarmos sobre o preventivo.

Para maiores informações acesse: 
http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/tiposdecancer/site/home/colo_utero