ayurveda_03

Medicina Ayurvédica

A medicina ayurvédica, ou simplesmente ayurveda, é uma das grandes ciências (vedas) da cultura indiana. Seu nome vem da junção das palavras ayur, “vida”, e veda, “ciência”. Portanto, pretende cuidar das pessoas muito antes de cuidar das doenças, por entender que, antes de que a doença se manifeste, o desequilíbrio do corpo já está acontecendo, e precisa ser controlado para que haja saúde. Ela se baseia em três tratados, o Susruta Samhita, o Charaka Samhita e o Astanga Hrdayam, sendo este terceiro baseado nos dois primeiros. Sustruta Samhita é o primeiro tratado de cirurgia de que se tem conhecimento, escrito no século VI a.C. Charaka Samhita é um dos primeiros tratados de clínica médica que se tem conhecimento. Por fim, o Astanga Hrdayam, ao compilar os dois primeiros tratados, e ampliá-los, divide a medicina ayurvédica em oito ramos:
  • Kāya-chikitsā: clínica médica;
  • Kaumāra-bhitya: medicina da mulher e materno-infantil;
  • Śhalya-chikitsā: cirurgia;
  • Śālākya-tantra: medicina do pescoço e da cabeça;
  • Bhūta-vidyā: doenças sobrenaturais e psiquiatria;
  • Agada-tantra: toxicologia;
  • Rasayana-tantra: medicina do rejuvenescimento;
  • Vājīkarana tantra: medicina da fertilidade.
A ayurveda vê o funcionamento do corpo humano como o equilíbrio de três humores (doshas) básicos: vata, pitta e kapha. Esses humores são constituídos por dois dos cinco elementos da cultura indiana: vata é feito de ar e espaço; pitta é feito de fogo e água; kapha é feito de terra e água. Quando nascemos, temos esses três humores equilibrados igualmente em nosso organismo. A vida desregrada, os vícios e influências do meio externo desequilibram esses humores ao longo da vida. Uma pessoa pode ser composta de um, dois ou três desses humores, num total de sete constituições. Elas são importantes para determinar quais são as tendências de adoecimento da pessoa. Por exemplo, kapha está mais suscetível a obesidade, colesterol alto e alergias, enquanto que vata está mais sujeito a ansiedade, constipação e insônia.
 
Os médicos ayurvédicos diagnosticam as doenças através da inspeção e palpação do corpo, e da conversa com a pessoa, procurando saber sobre hábitos de alimentação, evacuação, sono etc. Eles tratam as pessoas buscando prevenir doenças e equilibrar os doshas. Os métodos utilizados dividem-se em:

  • Limpeza e desintoxicação: massagens com óleos medicinais, purgantes, laxativos, eméticos, sangrias e iogurtes;
  • Acalmamento: ervas, jejum, yoga, meditação, canto, exercícios respiratórios, exercício físico e banhos de sol;
  • Rejuvenescimento: ervas, exercícios específicos e yoga;
  • Higiente mental e espiritual: mantras, yantras, tantras, meditação, gemas, metais e cristais.
A medicina ayurvédica atua em muitos problemas do dia-a-dia com eficácia. Trazer os seus conceitos de saúde através da boa alimentação, prática de exercícios e da saúde mental e espiritual já pode ser um grande benefício para quem os persegue. Você já foi a um médico ayurveda? Comente como foi em http://www.impaciente.org/!