AdobeStock_97226946-mini

Lidando Com o Estresse

Todos nós precisamos de uma pequena quantidade de estresse para viver bem. É ele que nos faz acordar de manhã e nos motiva ao longo do dia.

O excesso de estresse, no entanto, pode se tornar problemático. Quando muito intenso ou
prolongado, ele faz com que nosso corpo libere hormônios durante um longo período. Isso aumenta o risco de problemas de saúde, como dor de cabeça, dor de estômago e pressão arterial elevada. Níveis altos de estresse também podem desempenhar um papel fundamental no desenvolvimento de transtornos de ansiedade e depressão. A longo prazo, também pode haver dano ao sistema imunológico.

O estresse emocional também possui associação com um aumento do risco de doenças cardíacas. Um estudo recente sugeriu que o estresse constante provoca um aumento da atividade de uma região profunda do cérebro, que estaria relacionada a esse risco. Segundo os pesquisadores, o estresse pode ser um fator de risco tão grande quanto o tabagismo e a pressão alta.

Não há muito o que fazer para evitar o estresse, mas existem alternativas para gerenciá-lo de forma mais eficaz, como relaxar com amigos e familiares, praticar exercícios regularmente, ter um sono de qualidade e fazer boas escolhas alimentares.

É muito importante reconhecer os sintomas precocemente. Isso pode ajudar a encontrar maneiras de lidar com o problema e evitar a adoção de métodos ruins de enfrentamento, como a bebida alcoólica e o cigarro.