D3HW31 MAN WITH HEART ATTACK

Infarto: A Importância de Reconhecer e Agir Rapidamente

Grande parte das pessoas que sofrem de infarto não são internadas no hospital a tempo. Por se tratar de uma emergência médica, é muito importante obter ajuda rapidamente quando os sintomas aparecerem.

Quanto mais tempo demorar para o tratamento ser iniciado, maior será o dano para o coração. O músculo cardíaco começa a morrer. Felizmente, alguns procedimentos, se iniciados a tempo, previnem ou retardam o dano.

Os sintomas podem incluir dor no peito, falta de ar, suor frio, náuseas, fraqueza, tontura ou ansiedade. A dor, embora nem sempre típica, (pode ser leve e confundida com indigestão) é geralmente “em aperto” e aparece no centro do peito, podendo irradiar para o braço esquerdo.

Nos homens, o risco de ataque cardíaco é maior após os 45 anos. Nas mulheres, a incidência é maior pós menopausa. Outros fatores de alerta que aumentam o risco são: infarto prévio, angina prévia, diabetes, colesterol alto, hipertensão arterial, história familiar de infarto antes dos 65 anos, tabagismo, obesidade e sedentarismo.

Em caso de suspeita, peça uma ambulância!