CAMISETA NOVEMBRO AZUL

Cuidar da saúde também é coisa de homem

  • Introdução

O câncer de próstata é o câncer mais comum em homens no Reino Unido, com mais de 40.000 novos casos diagnosticados a cada ano.

Ele geralmente se desenvolve lentamente, assim pode não haver sinais por muitos anos.

Os sintomas muitas vezes só se tornam aparentes quando a próstata se torna grande o suficiente para obstruir a uretra (o tubo que transporta a urina da bexiga para o pénis).

Quando isso acontece, pode-se perceber aumento da necessidade e do esforço de urinar, sensação de que a bexiga não foi totalmente esvaziada, jato urinário fraco e gotejamento ao final da micção.

Esses sintomas não devem ser ignorados, mas eles não indicam certeza definitiva de câncer de próstata. Diversas outras alterações, como a hiperplasia prostática benigna (também conhecida por BPH ou hipertrofia da próstata), também cursam com sintomas semelhantes.

  • O que é a próstata?

A próstata é uma glândula pequena exclusiva de homens, localizada abaixo da bexiga, na pelve, envolvendo a uretra (o tubo que transporta a urina da bexiga para o pénis).

img_prostata_01

A principal função da próstata é ajudar na produção de sémen. Ela produz um líquido branco, espesso, que é misturado com o esperma produzido pelos testículos.

  • Por que o câncer de próstata acontece?

As causas do câncer de próstata são em grande parte desconhecidas. No entanto, certas coisas podem aumentar o risco de desenvolver a condição.

As chances de desenvolver câncer de próstata aumentam com a idade. A maioria dos casos se desenvolve em homens com idades superiores há 50 anos.

Homens que têm parentes de primeiro grau do sexo masculino (como um pai ou irmão) afetadas por câncer de próstata também apresentam um risco ligeiramente aumentado.

  • Os testes para câncer de próstata

Os testes mais utilizados para detectar o câncer de próstata são o PSA (via exame de sangue) e um exame físico da próstata (conhecido como exame digito retal ou DRE).

PSA é um antígeno específico da próstata, mas seu aumento não indica necessariamente se tratar de câncer. Seu aumento ainda pode ser devido a um crescimento benigno da próstata, uma infecção urinária ou inflamação da próstata.

O fato do PSA não estar alterado também não exclui a possibilidade de um câncer de próstata, razão pela qual o exame deve ser complementado pelo exame digito retal.

Esses exames devem ser feitos anualmente em pacientes com mais de 50 anos de idade anos e nos com mais de 45 em caso de histórico familiar de câncer de próstata.

Assim como o câncer de mama, o câncer de próstata tem tratamento e quanto mais rápido for diagnosticado melhor para o paciente.

Por isso, não fique de fora dessa. Aproveite o novembro azul. Visite seu médico e coloque seus exames em dia.