11 novas armas para o combate ao câncer, agora disponíveis no SUS

Ministro da Saúde Alexandre Padilha

O Ministério da Saúde (MS), juntamente com profissionais do Instituto Nacional do Câncer (INCA), da Sociedade Brasileira de Cirurgia Oncológica (SBCO) e da Associação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Combate ao Câncer (ABIFFIC), fizeram a revisão dos 121 procedimentos oferecidos atualmente pelo SUS.  O trabalho ocorreu entre 12 de janeiro a 14 de abril de 2012 e o resultado foi a inclusão de 11 novos procedimentos cirúrgicos na tabela de serviços cobertos pelo SUS.


Esta revisão vem para atualizar o quadro de serviços há muito desatualizado, visto que a última revisão foi em 1993. Além destes serviços, o MS passará a pagar mais pelos procedimentos cirúrgicos, mantidos e alterados, e serviços de quimioterapia feitos por hospitais da rede suplementar quando atenderem pacientes do SUS.

Para completar, o MS também incorporou à lista de medicamentos fornecidos pelo SUS o Trastuzumabe, um eficiente medicamento de combate ao câncer de mama, além do Brasil passar a produzir seu primeiro medicamento contra o câncer, o Mesilato de Imatinibe. Com isto o gasto com o remédio pelo MS é reduzido. O custo do comprimido de 100mg custará R$ 17,50 e o de 400 mg R$ 70,00.

Segundo Alexandre Padilha, ministro da saúde, mais recursos e a ampliação dos procedimentos melhoram a qualidade do atendimento. “O objetivo destas medidas é instalar serviços onde não existem hoje, e estimular os serviços que já existem a produzir mais e, com isso, reduzir o tempo de espera para tratamento do câncer”, afirma o ministro.

Abaixo a lista dos novos procedimentos e seus respectivos custos para o SUS:
  • Linfadenectomia Mediastinal em Oncologia (R$ 3.814,58 – valor total pago pelo procedimento); 
  • Linfadenectomia Seletiva Guiada em Oncologia – mais conhecida como “linfonodo sentinela” (R$ 727, 87);
  • Reconstrução para Fonação em Oncologia – a tabela do SUS incluía a prótese, mas não o ato operatório da sua implantação (R$ 910,50); 
  • Traqueostomia Transtumoral em Oncologia (R$ 910,50); 
  • Ressecção de Pavilhão Auricular em Oncologia (R$ 791,49)
  • Ressecção de Tumor Glômico em Oncologia – (R$ 910,50); 
  • Ligadura de Carótida em Oncologia (R$ 910,50); 
  • Colecistectomia em Oncologia (R$ 1.356,75); 
  • Ressecção Ampliada de Via Biliar Extrahepática em Oncologia (R$ 1.763,78); 
  • Reconstrução com Retalho Osteomiocutâneo em Oncologia (R$ 4.366,75); 
  • Timectomia em Oncologia (R$ 4.186,64).

O blog impaciente espera ter ajudado ao divulgar estas novidades. Você também pode ajudar, acessando http://www.impaciente.org/ e comentando seu atendimento médico! Aqui você tem espaço para fazer suas críticas e elogios dos serviços que lhe prestaram.